ONLINE/OFFLINE


APLICAÇÃO DA RDA EM MARC: NOVOS CAMPOS E SUBCAMPOS BIBLIOGRÁFICOS E DE AUTORIDADE

Desde o lançamento da RDA, como substituta do AACR2, o formato de intercâmbio MARC (bibliográfico e autoridade) ajustou sua estrutura de campos e subcampos às necessidades descritivas preconizadas pela nova Norma. As atualizações do MARC 21 (de número 9 a 18), incluíram alterações para seu uso com a RDA, a partir de junho de 2014. Este processo de ajustes das instruções normativas com a definição de campos de codificação envolveu, basicamente, a identificação dos tipos e das características de descrição relativas ao conteúdo, mídia e suporte dos recursos. Neste sentido se descreve, no texto, aspectos das deliberações havidas e que realçam alguns procedimentos específicos na descrição e no controle de autoridade, observados pelos bibliotecários da catalogação, com a adoção da RDA. Lista-se, portanto, as etiquetas que foram acrescidas às existentes na elaboração da representação descritiva codificada sob RDA.

Indicação dos Tipos de conteúdo na RDA

  • O MARC já indica o tipo de conteúdo no campo líder: LDR/06 (tipo de registro).
  • A RDA contém uma lista de tipos de conteúdo em inglês para os quais o campo 336 foi fornecido no MARC Bibliográfico e no MARC Autoridade.
  • O campo 336 pode conter o termo RDA nos subcampos $a e/ou uma sigla no $b; os códigos foram estabelecidos na atualização n.10 do MARC.
  • Para as tabelas de correspondência que relacionam o MARC LDR/06 aos termos de conteúdo da RDA e os códigos MARC para termos de conteúdo RDA, consultar o documento: Term and Code List for RDA Content Types.

Exemplo de aplicação:

336 ## $a two-dimensional moving image $b tdi $2 rdacontent

336 ## $a performed music $b prm

$0 (uri) http://id.loc.gov/vocabulary/contentTypes/prm

$2 rdacontent

336 ## $a performed music $2 rdacontent

Indicação dos Tipos de mídia na RDA

  • O MARC já indica o tipo de mídia no campo 007/00 (campos fixos de descrição física - Categoria do material).
  • A RDA contém uma lista terminológica sobre os tipos de mídia no idioma inglês, para os quais um campo 337 é fornecido no MARC Bibliográfico e no MARC Holdings.
  • O campo 337 pode conter o termo RDA ($a) ou uma sigla ($b); códigos foram estabelecidos na atualização n. 10 do MARC.
  • Para as tabelas de correspondência que relacionam o MARC 007/00 aos termos de mídia RDA e siglas MARC para termos de mídia RDA, consultar o documento: Term and Code List for RDA Content Types.

Exemplos de aplicação:

337 ## $a áudio $2 rdamedia

337 ## $a vídeo $b v $2 rdamedia

337 ## $a áudio $b s

$0 (uri) http://id.loc.gov/vocabulary/mediaTypes/s

$2 rdamedia

Indicação dos tipos de suporte na RDA

  • O MARC já indica o tipo de suporte no campo 007/01 (indicação especifica do material).
  • O RDA contém uma lista de tipos de suporte no idioma inglês para os quais um campo 338 é fornecido no MARC Bibliográfico e no MARC Holdings.
  • O campo 338 pode conter o termo RDA ($a) ou uma sigla ($b); códigos foram estabelecidos na atualização n. 10 do MARC.
  • Para as tabelas de correspondência que relacionam o MARC 007/01 aos termos de suporte RDA e siglas MARC para os termos de suporte RDA, consultar o documento: Term and Code List for RDA Content Types.

Exemplos de aplicação:

338 ## $a audio disc $2 rdacarrier

338 ## $a videodisco $b vd $2 rdacarrier

338 ## $a audio disc $b sd

$0 (uri) http://id.loc.gov/vocabulary/carriers/sd

$2 rdacarrier

Características para o suporte na RDA

  • O MARC fornece o registro de características do suporte na forma textual, nos campos bibliográficos 300, 340 e 5XX e na forma codificada, no campo de controle Bibliográfico e Holdings - campo 007 (campos fixos de descrição física).
  • A RDA contém listas de termos, em inglês, que podem ser usados para expressar as características do suporte e, também, por meio de notas.
  • Notas sobre as características do suporte RDA - campos bibliográficos MARC 500 e outros campos 5XX.
  • Termos sobre as características do suporte RDA no formato MARC bibliográfico:
    - Campo
    300 (Descrição física)
    - Campo
    340 (Meio físico) (novos subcampos)

$g - Cor do conteúdo (R) [novo, 2017]

Ex. 340 ## $g preto e branco

$j - Geração (R) [novo, 2011] Ex. 340 ## $j matriz $2 rdagen

$k - Leiaute (R) [novo, 2011]

Ex. 340 ## $k dupla face $2 rdalay

$m - Formato de livro (R) [novo, 2011]

Ex. 340 ## $m folio $2 rdabf

$n - Tamanho da fonte (R) [novo, 2011]

Ex. 340 ## $n impressão gigante (36 pontos) $2 rdafs

$o - Polaridade (R) [novo, 2011]

Ex. 340 ## $o positivo $2 rdapo

$0 - Número de controle do registro de autoridade ou número

padronizado (R) [novo, 2011]

Ex. $0 (isni)0000000121358464

$1 - URI de objetos do mundo real (R) [novo, 2017]: O

subcampo contém um identificador uniforme de recurso

que identifica uma entidade (Coisa, Objeto do Mundo

Real ou RWO), que seja real ou conceitual. Ex.

100 1# $a Obama, Michelle, $d 1964-

$0 http://id.loc.gov/authorities/names/n2008054754

$1 http://viaf.org/viaf/81404344

$2 - Fonte (NR) [novo, 2011]: Identifica a fonte dos

termos quando eles pertencem a uma lista

controlada.
 

Novos campos do formato bibliográfico:

344 - Características sonoras (R): Especificações técnicas relacionadas à codificação do som em um recurso. Ex. 344 ## $a analógico $2 rdatr
 

345 - Características de projeção da imagem em movimento (R): Especificações técnicas relacionadas à projeção de um recurso de imagem em movimento. Ex. 345 ## $b 24 fps $a Cinerama $2 rdapf
 

346 - Características do vídeo (R): Especificações técnicas relacionadas à codificação de imagens de vídeo de um recurso. Ex. 346## $a VHS $2 rdavf
 

347 - Características dos arquivos digitais (R): Especificação técnica relacionada à codificação digital de texto, imagem, áudio, vídeo e outros tipos de dados de um recurso. Também pode-se registrar as informações no campo 300 (Descrição física) $b (Outros detalhes físicos). Ex. 347 ## $b PDF $a text file $2 rdaft

 

Atributos de Nomes e Recursos

Os atributos de nomes e títulos geralmente são informações registradas na indicação dos nomes (por exemplo, data de nascimento) ou em títulos uniformes (por exemplo, chave para a música) - ou podem ter sido incluídos em uma nota de um registro de Autoridade para o nome ou o título. Com a RDA, esses atributos podem ser registrados, separadamente, no cabeçalho ou como parte do cabeçalho (ou ambos). Novos campos para esses atributos foram estabelecidos para nomes e recursos (obras e expressões).

Novos campos do MARC Autoridade, para atributos de nome (também conceituado como Agente):

046 - Datas especiais codificadas (R) Datas associadas à entidade descrita no registro (Pessoa, Organização Corporativa, Família, Obra e Expressão). Ex.

046 ## $f 1899 $g 1961 100 1 # $a Hemingway, Ernest, $d 1899-1961

 

368 - Outros atributos da pessoa ou órgão (R): Atributos que caracterize uma pessoa ou uma organização corporativa ou que permita diferenciá-las de outras e para os quais a indicação de conteúdo separado não esteja definida. Ex.

110 2# $a KUON (Estação de televisão) 368 ## $a Estação de televisão
 

371 - Endereço (R): vai além das informações de acesso eletrônico (e-mail, telefone, fax etc.) associados à entidade descrita no registro. Pessoa: o endereço da residência, empresa ou empregador e/ou e-mail. Organização corporativa: o endereço da sede ou escritórios ou de e-mail.

Ex. 100 1# $a Smith, Arthur

371 ## $a Box 1216 $b Barrière $d Canada $e V0E 1E0
 

372 - Campo de atividade (R): Pessoa: refere-se ao seu campo de atuação ou área de especialização etc. Organização corporativa: a atividade de negócios ou a sua área de competência, responsabilidade, jurisdição etc. Ex.

100 1# $a Hudson, David $c didjeridu player

372 ## $a didjeridu player

110 2# $a North Atlantic Treaty Organization

372 ## $a The North Atlantic Treaty Organization (NATO) é uma

aliança política e militar de 26 países da América do norte e

Europa comprometidos em cumprir os objetivos do Tratado

do Atlântico Norte assinado em 4 de abril de 1949.

 

373 - Grupo associado (R): Informações sobre grupos, instituições, associações etc., vinculadas à entidade no 1XX. Também pode ser um grupo ao qual a pessoa é ou foi afiliada, incluindo datas de afiliação. Ex.

100 1# $a Ashton, John

373 ## $a Faculty of Biological Science, Leeds University $s 2000

$t 2005

373 ## $a Faculty of Life Science, Manchester University $s 2005

 

374 - Ocupação (R): Informações sobre profissão ou ocupação profissional, incluindo datas, se aplicáveis. Ex. 374 ## $a compositor $2 [código para vocabulário controlado]


375 - Gênero (R): Informações sobre a opção sexual de uma Pessoa, inclui data, se aplicável. Ex.

100 1# $a Morris, Jan, $d 1926-

400 1# $w nne $a Morris, James, $d 1926-

670 ## $a Autor de Conundrum, 1974

375 ## $a masculino $s 1926

375 ## $a feminino $s1972?


376 - Informações da Família (R): Informações adicionais sobre tipo de Família, membros importantes e título hereditário. Ex.

046 ## $s 1925 $t 1979

100 3# $a Pahlavi (Dynasty : $d 1925-1979)

376 ## $a Dynasty


378 - Forma Completa de Nome Pessoal (NR): Elemento de nome usado para distinguir uma Pessoa de outra com o mesmo nome. Ex.

100 1# $a Johnson, A.W. $q (Alva William)

378 ## $q Alva William

Novos campos MARC de Autoridade e Bibliográfico para os atributos de Obra e Expressão:

046 - Datas especiais codificadas (somente para novos subcampos): Sob aspecto do formato bibliográfico o campo, é definido para Data das informações do item que não podem ser registradas em 008/06-14 (Tipo de data / Status da publicação, Data 1, Data 2), porque essas informações envolvem uma ou mais datas “Antes da Era Comum” (Before Common Era - B.C.E), datas incorretas, datas em que os recursos foram modificados ou criados e a data se estende quando os recursos são válidos ou são registrados aqui, além de aparecerem na etiqueta 008/06-14. Quando o campo 046 é usado para as datas B.C.E., 008/06 é definido para o código b (Nenhuma data fornecida; data relativa B.C.E.) e os campos 008/07-10 e 008/11-14 contêm espaços em branco (####). Quando o campo 046 é usado para datas incorretas, o campo 008/06 é codificado para o tipo de dados corrigidos e os campos 008/07-10 e 008/11-14 contêm as datas corretas. Ex.

008/06-14 s2006####

046 ## $o 1932 $p 1940 [Um conjunto de filmes em DVD lançado originalmente em 1932-1940 e publicado como uma coleção em 2006]

 

Sob o aspecto do formato de Autoridade, o campo define as Datas associadas à entidade descrita no registro. Essas incluem: Para Pessoa: data de nascimento, data da morte e data ou período do período de atividade da pessoa. Para Organização Corporativa: uma data ou intervalo de datas sob a qual uma conferência etc. é realizada ou uma data à qual a Organização corporativa é associada (exemplo, data de estabelecimento, data de encerramento da atividade). Para Família: é a data associada à família. Para uma Obra ou Expressão: consultar o subcampo $k (data inicial ou única). A data e a hora são registradas de acordo com a norma internacional para representação de data e hora (ISO 8601), a menos que o subcampo $2 (fonte da data) for usado para especificar outro esquema de datas. Ex.

046 ## $f 1899 $g 1961

100 1# $a Hemingway, Ernest, $d 1899-1961

 

370 - Local associado (R): na perspectiva do formato de Autoridade, o campo codifica o local associado à Pessoa, Organização Corporativa, Família, Obra e Expressão. No caso Pessoa: refere-se ao local associado com o nascimento, morte, residência e/ou identidade de uma pessoa. Para a Organização Corporativa: é o local principal associado (exemplo: local de uma conferência, local sede da organização ou matriz etc.). Quanto a Família: é o local de residência ou no qual se tenha residido ou que tenha alguma conexão, neste sentido. Já, em relação a Obra e Expressão: refere-se ao local de criação ou de sua origem. O campo deve ser repetido quando os períodos de início e término, nos subcampos $s e $t pertencerem a um diferente local associado. Se os termos da indicação do local pertencerem a um vocabulário controlado, esse será indicado no subcampo $2 (Fonte do termo). Ex.

130 #0 $a Dead Sea scrolls

370 ## $i Discovery place: $f Qumran Site (West Bank) $2 lcsh

 

100 1# $a Hemingway, Ernest, $d 1899-1961.

370 ## $a Oak Park, Ill. $b Ketchum, Idaho $e Oak Park, Ill. $e Toronto,

Ont. $e Chicago, Ill. $e Paris, France $e Key West, Fla.

$e Cuba $e Ketchum, Idaho.

[nasceu em: Oak Park, Ill., morreu em: Ketchum, Idaho; morou: em Oak Park,

Ill.; Toronto, Ont.; Chicago, Ill.; Paris, France; Key West, Fla.; Cuba; Ketchum,

Idaho]

 

Na perspectiva do formato Bibliográfico, o campo 370 define o local associado a Obra e Expressão, incluindo o local de criação ou de sua origem. O campo deve ser repetido quando os períodos de início e término, nos subcampos $s e $t pertencerem a um local associado diferente. Se os termos da indicação do local pertencerem a um vocabulário controlado, esse será indicado no subcampo $2 (Fonte do termo). Ex.

370 ## $i Capture place: $f Oxford (England) $f Oundle (England)

$2 naf


377 - Idioma associado (R): na perspectiva do formato de Autoridade, o campo indica os Códigos para idiomas associados à entidade descrita no registro. Inclui o idioma que uma Pessoa utiliza ao escrever e comunicar; o idioma que a Organização Corporativa adota em suas comunicações; o idioma de uma família ou o idioma pelo qual a Obra é expressa. Ex.

100 1# $a Nabokov, Vladimir, $d 1899-1977

377 ## $a rus $a eng

 

Na perspectiva do formato Bibliográfico, o campo indica os Códigos para idiomas associados à entidade descrita no registro. Inclui o idioma que uma Pessoa utiliza ao escrever e comunicar; o idioma que a Organização Corporativa adota em suas comunicações; o idioma de uma família ou o idioma pelo qual a Obra é expressa. As diretrizes de uso do campo 377, em relação aos campos 008/35-37, 041 e 546, nos casos em que o formato bibliográfico é usado para representar uma Obra ou Expressão sem informações da Manifestação:

 

  • Campo 008: suporta a indexação por máquina do idioma do recurso para que as tarefas do usuário sejam localizadas e selecionadas. Sempre indicar o 008 para o recurso/Manifestação ou Expressão; nunca indicar se o registro for para uma Obra.
  • Campo 041: indicar o campo se necessário e conforme aplicável aos registros bibliográficos, apenas para a Manifestação; não utilizar para o registro de uma Obra ou Expressão.
  • Campo 546: usar para destacar informações textuais sobre o idioma nos registros bibliográficos da Manifestação ou Expressão; não usar para o registro de uma Obra.
  • Campo 377: no caso de a descrição ser para uma Expressão, o campo pode ser utilizado, mesmo quando este campo (377) duplica as informações de idioma no subcampo $l. Na descrição da Expressão, os campos 008 e 546 também podem conter informações sobre o idioma.

Ex.

245 10 $a Historical writing in Byzantium / $c James Howard-Johnston.

377## $3 Lecture $a eng

377## $3 Preface $a ger

377## $3 Biographical sketch $a ger

546## $a Lecture in English; preface and biographical sketch in

German.

 

380 - Forma do trabalho (R): Tanto na definição do formato de Autoridade, quanto na definição do formato Bibliográfico, o campo define uma classe ou gênero ao qual a Obra pertença. É usado para diferenciar uma Obra de outra Obra com o mesmo título. Múltiplas formas da Obra com o mesmo vocabulário de origem podem ser registradas no mesmo campo como ocorrências separadas no subcampo $a (Forma da Obra). Termos de diferentes vocabulários de origem são registrados em ocorrências separadas do campo. Ex. 130 #0 $a Cinderella (Choreographic work)

380 ## $a Choreographic work

130 #0 $a War of the worlds (Television program)

380 ## $a Television program

 

381 - Outras características distintivas da Obra ou da Expressão (R): tanto no formato de Autoridade, quanto no formato Bibliográfico, o campo codifica qualquer característica que não seja acomodada em um campo especial, e que sirva para caracterizar uma Obra ou Expressão. Os exemplos são: uma entidade emissora, a indicação de arranjo musical, uma versão ou termo geográfico. O campo pode ser usado para diferenciar uma Obra de outra Obra com o mesmo título. Múltiplas formas da Obra com o mesmo vocabulário de origem podem ser registradas no mesmo campo como ocorrências separadas no subcampo $a (Outra característica distintiva). Termos de diferentes vocabulários de origem são registrados em ocorrências separadas do campo. Ex.

130 #0 $a Harlow (Motion picture : 1965 : Douglas)

381 ## $a Douglas

380 ## $a Motion picture

046 ## $k 1965

[Atributos de uma Obra]


382 - Médio desempenho (R): Na perspectiva do formato de Autoridade, o campo define o registro do instrumento, vocal e/ou outro meio de execução para o qual uma Obra musical foi originalmente criada ou para a qual uma Expressão musical é escrita ou executada. Pode ser usado para diferenciar uma Obra ou Expressão musical de outra com o mesmo título. Múltiplos meios baseados em uma mesma lista de vocabulário podem ser registrados no campo, em ocorrências separadas no subcampo $a (Meio de desempenho), $b (Solista), $d (Duplo Instrumental) ou $p (Meio alternativo de performance). Múltiplos meios baseados em uma mesma lista de vocabulário, também podem ser registrados em ocorrências separadas, no campo, se cada meio for controlado por um número de controle de registro da Autoridade ou número padrão no subcampo $0. Termos de diferentes vocabulários são registrados em ocorrências separadas do campo. Ex.

382 0# $a clarinete $n 1 $a piano $n 1 $s 2 $2 lcmpt

[Obra para clarinete e piano.]

382 0# $b flauta $n 1 $a orquestra $e 1 $r 1 $t 1 $2 lcmpt

[Obra para flauta acompanhada por orquestra.]

 

Na perspectiva do formato Bibliográfico, a definição do campo 382 refere-se ao registro de instrumento, vocal e/ou outro meio de execução incorporado na Manifestação. Para Obra e Expressão refere-se ao registro do instrumento, vocal e/ou outro meio de execução para o qual uma Obra musical foi originalmente criada ou para a qual uma Expressão musical é escrita ou executada. Pode ser usado para diferenciar uma Obra ou Expressão musical de outra, com o mesmo título. Múltiplos meios constante do mesmo vocabulário de origem podem ser registrados no campo em ocorrências separadas nos subcampos $a (Meio de desempenho), $b (Solista), $d (Duplo instrumental) ou $p (Meio alternativo de desempenho). Múltiplos meios de um mesmo vocabulário também podem ser registrados em ocorrências separadas do campo, se cada meio for controlado por um número de controle, do registro da Autoridade ou número padronizado, no subcampo $0. Termos de distintos vocabulários são registrados em ocorrências separadas, no campo. Ex.

382 01 $a chorus misto $e 1 $a orchestra $e 1 $t 2 $2 lcmpt

[Obra para Chorus misto e orquestra.]

382 01 $a piano $n 1 $s 1 $2 lcmpt

[Obra para solo de piano.]

 

383 - Designação Numérica da Obra Musical (R): tanto para o formato de Autoridade, quanto para o formato Bibliográfico, o campo registra o número da série, da obra ou do índice temático atribuído a uma Obra musical pelo compositor, editor ou musicólogo. Pode ser usado para diferenciar uma Obra musical de outra, com o mesmo título. Ex. Autoridade:

100 1# $a Gyrowetz, Adalbert, $d 1763-1850. $t Serenades,

$m clarinets (2), horns (2), bassoon, $n op. 3 (André)

400 1# $a Gywrowetz, Adalbert, $d 1763-1850. $t Serenades,

$m clarinets (2), horns (2), bassoon, $n op. 5 (Hummel)

383 ## $b op. 3 $e André

383 ## $b op. 5 $e Hummel

[Editor associado ao número do opus]

 

Ex. Bibliográfico:

100 1# $a Beethoven, Ludwig van, $d 1770-1827.

240 10 $a Sonatas, $m piano, $n no. 14, op. 27, no. 2, $r C# minor

382 ## $a piano

383 ## $a no. 14, $b op. 27, no. 2

384 ## $a C# minor


384 - Chave (NR): tanto no formato de Autoridade, quanto no formato Bibliográfico, o campo registra o conjunto das relações de afinação que se estabelece em uma única classe de afinação, como o centro tonal de uma Obra ou Expressão musical. Pode ser usado para diferenciar uma Obra ou Expressão musical de outra, com o mesmo título. Ex. Autoridade:

100 1# $a Mahler, Gustav, $d 1860-1911. $t Lieder nach Rückert.

$p Ich atmet' einen linden Duft

384 0# $a D major

 

Ex. Bibliográfico:

100 1# $a Godowsky, Leopold, $d 1870-1938.

240 10 $a Etude macabre

382 ## $a piano

384 ## $a D minor

Relacionamentos

Nome do recurso

  • O Apêndice I da RDA (Designadores de Relacionamentos: Relações entre Obra, Expressão, Manifestação ou Item e Agentes Associados com o Recurso), lista as possíveis relações entre um recurso e as pessoas, famílias e organizações corporativas (por exemplo: autor, artista, cartógrafo).
  • O MARC já registra esses tipos de relacionamentos usando termos do relator ($e) ou códigos ($4) em 1XX, 6XX, 7XX e 8XX no MARC Bibliográfico e 1XX, 4XX; e 5XX no MARC Autoridade.
  • A lista de Códigos MARC para Relacionamentos tem sido aumentada, com os termos de relacionamento da RDA, que ainda não estão inseridos na lista.
  • Busca-se uma conciliação terminológica das listas dos atributos de relação do MARC e RDA reconciliados.

Recurso para recurso

  • O Apêndice J (Designadores de Relacionamentos), lista mais de 400 relações que podem existir entre Obra, Expressão, Manifestação e Item, por exemplo, dramatização como (Obra), indexadas na (Obra), sequência, resumo de (Expressão), filme como (Manifestação), reprodução de (Item).
  • O RDA identifica vários métodos para especificar esses relacionamentos:
    • Identificadores - por exemplo, muitos subcampos $o, $u, $x, $w e $0 e o campo 856.
    • notas - 5XX bibliográfica e 6XX autoridade.
    • descrições estruturadas - 76X-78X bibliográfico.
    • pontos de acesso estruturados - 700-75X bibliográfico e 4XX e 5XX autoridade.
  • Adição ao MARC: $i definido para o termo de relacionamento no bibliográfico: 700-75X e 76X-78X e na autoridade: 4XX e 5XX.

Nome para nome

  • O Apêndice K (Designadores de Relacionamentos: Relações entre Agentes), da RDA, lista possíveis relacionamentos entre pessoas, famílias e organização corporativas, por exemplo, funcionário, patrocinador, família descendente, empregador, predecessor.
  • O subcampo MARC $i (Informações de relacionamento (R)), adicionado à autoridade 4XX e 5XX, também é usado para especificar esses tipos de relacionamentos.

Outras alterações diversas no MARC para adequar com a RDA

  • Especificidade adicional do subcampo no campo 502 (Nota da dissertação).
  • Subcampo adicional para informações qualificadas nos campos: 028 (Número do Editor), 015 (Número Nacional da Bibliografia), 020 (ISBN), 024 (Outro Identificador Padrão), 027 (Número Padronizado para Relatório Técnico).
  • Subcampo ISSN tornado repetitivo no campo 490 (Indicação de Série).
  • Códigos adicionais em várias posições de caracteres nos campos 007 e 008.
  • Subcampos adicionais contidos em 033 (Data/Hora e Local de Evento) e 518 (Data/Hora e Local de Evento).
  • O campo 040, subcampo $e (convenção da descrição) se tornou repetível e o código "rda" foi adicionado à lista de códigos MARC das Convenções Descritivas para indicar o uso das regras da RDA para descrição.
  • O campo líder LDR/18 (formato da catalogação descritiva), será codificado i – para indicação do uso da RDA.
  • O campo 250 tornou repetível para acomodar melhor as instruções de edição de música e outros recursos catalogados de acordo com a RDA.
  • Novo campo de formato bibliográfico: 264 (Aviso de produção, publicação, distribuição, fabricação e direitos autorais (R)).
  • O subcampo $c (local da reunião) tornou-se repetível nos campos X10 (nomes corporativos) e X11 (nomes da reunião) para registrar vários nomes de locais em relação às conferências.
  • Experimentação de uma técnica para incluir URIs na indicação de valores (nenhuma alteração na indicação de conteúdo do MARC) (consulte o documento de discussão 2010-DP02 para obter uma descrição geral sobre o procedimento).

 

Indicação de leitura:

RDA in MARC. MARC Standards, July 2014. Disponível em: http://www.loc.gov/marc/RDAinMARC.html.


   192 Leituras


Saiba Mais





Próximo Ítem

author image
COMPETÊNCIAS ATUAIS EM CATALOGAÇÃO PARA BIBLIOTECÁRIO(A)
Agosto/2020

Ítem Anterior

author image
O COVID-19 E A SEGURANÇA DA CATALOGAÇÃO BIBLIOGRÁFICA
Junho/2020



author image
FERNANDO MODESTO

Bibliotecário e Mestre pela PUC-Campinas, Doutor em Comunicações pela ECA/USP e Professor do departamento de Biblioteconomia e Documentação da ECA/USP.