ATIVIDADES EM BIBLIOTECAS


  • Apresentar experiências e exemplos de atividades desenvolvidas em Bibliotecas.

POESIA NO SACO DE PÃO

Uma proposta de atuação da biblioteca, em especial a pública, com a comunidade é dar oportunidade para que todos tenham contato com exteriorizações artísticas. Muitas ações podem ser desenvolvidas dentro dos espaços da biblioteca, levando as pessoas a participarem de atividades envolvendo música, cinema, teatro, recitais, saraus etc.

Vale a pena pensar, no entanto, em ações que ocorram fora dos ambientes das bibliotecas, locais que chamo de “ambiência”, ou seja, espaços em que a biblioteca, além dos seus próprios, possa interferir e agir na e com a comunidade.

Vou apresentar uma ideia que já foi realizada, e com muito êxito, veiculando poesias – embora possa também disseminar pequenos contos – entre os que vivem no bairro em que está localizada a biblioteca.

Por que não divulgar poesias em sacos de pão fornecidos pelas padarias?

Para isso a biblioteca precisa:

- selecionar poesias (curtas, de preferência de autores nacionais e, no início, que sejam conhecidas)

- contatar as padarias (muitas utilizam sacos de pão já prontos, vendidos por fornecedores e que nada trazem impresso ou têm alguma ilustração sobre os pães, a qualidade deles, coisas assim).

- contatar os fornecedores, propondo a impressão de poesias (e oferecendo as poesias selecionadas).

Claro que as poesias devem ser alteradas de tempos em tempos e, também, é preciso que as pessoas se acostumem com a ideia e, para isso, a biblioteca deve dar um tempo para que a ação seja aceita.

É preferível que no impresso contenha o endereço da biblioteca ou alguma forma de divulgá-la.

Assim como as poesias devem ser pequenas, o texto de divulgação da biblioteca também deve conter apenas o endereço dela e, talvez, uma linha dizendo que poesias como aquelas estão disponíveis para empréstimo gratuito. Eu considero importante deixar claro, sempre que possível, que o empréstimo e o uso da biblioteca não são cobrados.

A partir dessa ideia, outras podem ser consideradas e implementadas, como, no lugar da poesia, divulgar pequenas histórias em quadrinhos, letras de música, informações sobre algo que está ocorrendo no momento etc.

A padaria é um lugar muito frequentado pelas pessoas que vivem no seu entorno e a compra de pães é, normalmente, diária.

A criatividade do bibliotecário ampliará o alcance, as formas e os tipos de exteriorizações artísticas que podem ser disseminadas. Escrevendo este texto, pensei em fazer o mesmo com os saquinhos plásticos. pois estes são guardados e reutilizados (embora possa ser entendido como um incentivo ao seu uso, o que não queremos), com as sacolas reutilizáveis, com embalagens de produtos (principalmente, das indústrias ou comércio da região da biblioteca) etc.

Quem tiver experiências desse tipo, por favor, me envie: ofaj@ofaj.com.br


   268 Leituras


Saiba Mais





Próximo Ítem

author image
NOVELA NA BIBLIOTECA
Fevereiro/2021

Sem Ítens Anteriores



author image
OSWALDO FRANCISCO DE ALMEIDA JÚNIOR

Professor associado do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Estadual de Londrina. Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UNESP/Marília. Doutor e Mestre em Ciência da Comunicação pela ECA/USP. Professor colaborador do Programa de Pós-Graduação da UFCA- Cariri - Mantenedor do Site.